Folclore

As Romarias à feira de São Mateus foram ao longo dos séculos feitas por grupos de pessoas (ranchos) que vinham comercializar os seus produtos agrícolas.

Era  um ponto de encontro e de convívio das populações, e por esse motivo ansiosamente desejada ao longo do ano. Durante peregrinação as populações vinham à sede de concelho, e durante todo o caminho cantavam e bailavam.

A tradição transmite que as ofertas derivam de produtos roubados durante o percurso dos devotos e ranchos a caminho de S. Mateus e são depositados no altar do santo, uma função inspirada e adulterada da doutrina de S. Mateus.

Mantém-se a tradição … continua-se a aguardar que chegue o São Mateus, ponto de encontro das gentes, das tradições e da folia.

O Folclore, é essencialmente, uma manifestação pública de arte tradicional popular, onde os Grupos participantes têm oportunidade de mostrar a todos os presentes as danças, cantares e instrumentos musicais, os trajes e adereços, assim como os usos, costumes e tradições características das respectivas regiões do concelho.